7.6.13

Contágios que se impõem

Quando tiveres à tua volta pessoas empenhadas em inventar desgraças que não existem e imaginar tragédias que ainda não aconteceram, pensa bem, não nas palavras que ouves mas naquilo que tu próprio sentes. Em último caso foge para longe e interroga-te: Qual a razão por que se lamentam? O que me aflige é o mal real, não o mal de opinião fundamentado em receios que se inventam. E quanto aos contágios que se impõem, lamento mas não estou cá.

Sem comentários:

Publicar um comentário