24.10.11

Diário de Etelvina (05)

No dia em que Etelvina explicou às senhoras da sala 33 que era preciso existirem regras em cima das pernas, elas sentaram-se e puseram os pés para o ar.  Etelvina explicou à Dra. Guilhermina Guilherme que era difícil encontrar equilíbrio do piso 3. Ela respondeu-lhe com a madeixa em cima da testa e a ruga em cima da mesa:
- Difícil? Não se lembra que estas mulheres têm que ser postas na ordem?
- Lembro.
- Nada de confianças.
Etelvina saiu do gabinete com as palavras da chefe enroladas no papel de jornal. Deitou-as para o caixote do lixo e descansou nas escadas. A D. Manuela espreitou à porta da sala 33:
- D. Etelvina. Acordei. Posso fazer-lhe uma pergunta?
- Claro.
- Por que razão não gosta de serpentes?
- Porque rastejam, deitam a língua de fora e podem matar.
- E não há pessoas assim?
- Há. Mas as pessoas não rastejam.
- A sério? Eu não teria tanta certeza!


2 comentários:

ana sales pinheiro disse...

:))Sábia a D.Manuela

Dobra disse...

Há sempre gente sabia nos manicómios :)

Enviar um comentário