6.12.11

Teresa

Morris Louis
















Estou cansada e tenho que começar. A Teresa nasceu e saiu daqui. Está à espera de quem lhe dê um destino. O futuro dos personagens depende sempre de quem não os criou. É injusto.

1 comentário:

ana sales pinheiro disse...

;) é muito injusto! mas a Teresa tem um destino votado ao sucesso:))

Enviar um comentário