18.1.14

Vincos na existência

Há momentos na vida que ficam vincados, e isso faz-nos engomar as horas quando é preciso parar e perceber o mundo e os dias que experimentamos. Há palavras que nos empurram para realidades pouco conhecidas. Fora da zona de conforto encontra-se a magia que a vida precisa para acontecer. Há meses que entrei numa zona desconhecida. A Programação Neurolinguística (PNL) é uma área de estudo e crescimento pessoal muito mais ampla do que a própria vida. Julgamos ter o mapa todo explorado e percebemos que muitos caminhos estão por viver. 
 
Num sétimo andar em Lisboa, acontece a magia. Entre o inconsciente e a consciência, entre o corpo e o movimento, entre pares que querem viajar connosco, descobre-se que a viagem é longa, descobre-se o que sempre esteve cá dentro. Se todos temos os recursos de que necessitamos para sobreviver no sistema, vamos encontra-los, descobrir as perguntas certas, fazer os exercícios que o corpo permite e a alma encontra. 

A PNL é a viagem mais bonita que fiz até hoje, não porque se encontrem só coisas belas, mas porque se encontram todos os caminhos possíveis a uma mudança de rumo e, quando se quer mudar de rumo, é preciso que a vida aconteça e, se é preciso que a vida aconteça, que se ponham os pés ao caminho e a cabeça siga levantada frente ao espelho que somos e do qual fugimos, quando acreditamos poder fugir de uma evidência.

Sem comentários:

Publicar um comentário