4.12.10

DOBRAS E GRITOS (45)

O tempo acontece depressa quando todos correm. Viram-se para o sol com os olhos abertos e cegam. Vão pela rua íngreme e cansam-se. Carregam sacos pesados e lamentam todo o tempo gasto em amores de plástico.

4 comentários:

-pirata-vermelho- disse...

...e os que descem a rua íngrem e batem c'os burrinhos na lama, lá em baixo?

Fala, Pitonisa
declara o que vês e o que sabes!

Dobra disse...

Pitonisa? Não vamos por aí, caro Pirata.

-pirata-vermelho- disse...

Sim, não!
Foi alegoria...

Anónimo disse...

os sacos são pesados porque as consciências lá estão. mas enfim é Natal convém dar ligeireza de braços . um abracinho poético marina

Enviar um comentário