27.9.11

Diário de Etelvina (02)

A Dra. Guilhermina era uma mulher de meia idade. Elegante e altiva. Falava muito alto, Etelvina não estava habituada, na loja de lingerie vivia sozinha a atender os clientes. Agora tinha uma chefe que gritava com a voz e com os braços.
Percebeu que teria de seguir, todos os dias, para a sala 33 do piso 3. As mulheres estavam à sua espera. Etelvina tinha a função de animadora, preceptora, professora, enfermeira, o que fosse preciso para as manter ocupadas.
Quando subiu as escadas viu que todas se dirigiam para o refeitório. Entrou na sala 33 e preparou a respiração.


Sem comentários:

Publicar um comentário