14.10.12

A verdade que se persegue

Nunca sabemos quem somos, talvez porque a vida nos ensine a imprudência de pensar que podemos ser outra coisa. Quando os dias estão bonitos e se revela a consciência de ser ou de querer ser, os outros podem ajudar-nos a perceber muito mais do que imaginamos. Encarar máscaras porque é preciso ou desfazê-las porque é necessário. E depois seguir os passos de quem quer dançar sem caretas que impeçam a verdade que se persegue.


Sem comentários:

Publicar um comentário