14.11.10

SER OUTRA (3)


Um dia poderei experimentar a ser outra. Fico em casa, fechada por dentro e tapada com uma manta vermelha. Vou buscar os óculos de sol para poder ver a claridade. Depois, adormeço no escuro, que é a claridade em dia de zanga.

2 comentários:

argumentonio disse...

o escuro, tal como o obscuro, bem pode ser uma realidade doce

e outremo-nos, pois, até para sabermos quem somos, caso importe

seja como for, parabénzes

;_)))

Dobra disse...

Importa sempre. "outremo-nos" pois :) Obrigada.

Enviar um comentário