3.2.11

TEMPERATURA


Quando a temperatura desce, as pernas entorpecem e a alma congela. Os dias são pequenos e o sol, em momentos felizes, aparece para que não nos esqueçamos dele. Quando a temperatura desce, as ideias ficam coladas umas às outras e separa-las é árdua tarefa. Desiste-se de quase tudo porque quase tudo parece difícil.
Não gosto de baixas temperaturas nem de ideias que se colam. Gosto de coisas difíceis. As pessoas estão cansadas. Os lugares estão cheios de peso e espessura densa. Não gosto do ar que se respira porque se respira devagar, como quem tem medo de agir. Quando a temperatura desce, vive-se mais devagar.

Sem comentários:

Publicar um comentário