9.4.12

Mulher sentada

Howard Hodgkin
















Às vezes calo-me porque me sento. Nem os pés mexem nem a cabeça comanda os braços. Há silêncios que vêm da inércia e isso é estúpido. A estúpida inércia que vem colada à preguiça. Juntas têm feito de mim uma mulher sentada.

1 comentário:

sinédoque disse...

Solidariamente sentada, mas a arregaçar-lhe as mangas. Um beijo energético

Publicar um comentário