11.7.08

BANHO DE COISAS NOVAS


(Frida Kahlo)

Vou ficar nua, descalçar-me, andar em areias grossas, massajar os pés, o corpo, a alma, as ideias e as dúvidas. Vou ficar nua, despentear-me até ao osso do crânio, rebolar em mim e dizer ao mundo que preciso de um banho de coisas novas.

Sem comentários:

Publicar um comentário