18.7.08

DOBRAS E GRITOS (23)


Vou-me embora no dia em que perceber que a rua onde vivo é estreita demais para mim.

Sem comentários:

Publicar um comentário