10.9.08

EXAGERO


Em Agosto paro para não pensar. Depois, quando o relógio volta ao pulso, o mundo parece-me diferente. Talvez por ter zombado dele tempo demais.

Sem comentários:

Publicar um comentário