6.5.11

COM PERGUNTAS NÃO SE DANÇA

Não há resposta quando a pergunta traz consigo o pressuposto retirado de uma realidade que se inventa. Quando a pergunta se ajeita, quando se dança com as palavras para encontrar a resposta que se imaginou, é melhor não fazer a pergunta.

3 comentários:

ana sales pinheiro disse...

Sem "dobras", sem "gritos"...
Tranquilidades;)

Dobra disse...

Ora nem mais :) Beijinho.

sky.reader disse...

Complexo este tema,mas entendível para que nada sabe de filosófia,Como eu.

Enviar um comentário