16.5.11

IR E VOLTAR

O dia em que me vou embora é o dia dos passos para fora do lugar. A vontade é posta longe do que costumo viver. O dia do regresso é o dia dos braços em cima da mesa e da vontade inteira dentro de uma casa com pessoas e coisas e sons e medos e prantos e gritos e cheiros e risos.

2 comentários:

ana sales pinheiro disse...

Cara Dobra, sob pena de me tornar repetitiva, arrisco - mais uma vez- dizer que a Senhora escreve tão bem que me ... olhe, nem sei! ;)
Beijinho

Dobra disse...

Cara Ana, sob pena de me tornar repetitiva : Obrigada, muito obrigada.

Enviar um comentário