8.6.08

9 - SALVADOR DALÍ



Pintor espanhol, representante do surrealismo, pintou algumas das obras clássicas dessa escola, empregando desenho refinado e técnica meticulosa para criar imagens provocativas e alucinadas a que chamava "sonhos fotográficos pintados à mão".
Nasceu a 11 de maio de 1904, na pequena cidade catalã de Figueras. O seu mundo interior era Figueras, a planície de Ampurdán e a aldeia de pescadores, logo atrás das montanhas. Estes são os cenários da grande maioria de seus trabalhos.
Dalí insistiu na sua "linhagem árabe", alegando que os seus antepassados eram descendentes de mouros que ocuparam o sul da Espanha por quase 800 anos e atribui a isso, "o seu amor por tudo o que é excessivo, a sua paixão pelo luxo e o seu amor oriental por roupas".

Tinha uma reconhecida tendência para atitudes extravagantes, destinadas a chamar a atenção, o que por vezes aborrecia os que apreciavam a sua arte, ao mesmo tempo que incomodava os seus críticos. A sua forma de estar teatral e excêntrica, tendia a eclipsar o seu trabalho no que à notoriedade diz respeito.
A 23 de Janeiro de 1989, morreu de insuficiência cardíaca com 84 anos. Está sepultado na cripta do seu
Teatro - Museu Dalí, em Figueras.

Sem comentários:

Publicar um comentário