9.11.11

Volume Insensato

Foto Sebastião Salgado















“Pensa também que quanto mais volumoso for o corpo mais entravada e menos ágil se torna a alma. Por isso mesmo, limita quanto puderes o volume do teu corpo e dá o máximo espaço à tua alma! Vários inconvenientes se oferecem a quem se preocupa em excesso com o físico: por um lado o esforço exigido pelos próprios exercícios tira-nos o fôlego e deixa-nos incapazes de atenção e de aplicação a um trabalho intelectual intenso; por outro, o excesso de alimentos limita-nos a inteligência.”

Cartas a Lucílio, Séneca

3 comentários:

ana sales pinheiro disse...

:)) parece-me bem! muito bem mesmo! :)) bjs

carlos pereira disse...

Não estará a alma em proporção com o corpo?

Dobra disse...

Nem sempre, caro amigo, nem sempre! :)

Enviar um comentário