21.11.08

OUTRO QUALQUER FRUTO


Voltaram na noite seguinte. A música impediu-os de pensar. Entregaram as mãos a outros corpos e foram, sem vinho, procurar o sumo de outro qualquer fruto.

Sem comentários:

Publicar um comentário